Eleições Limpas: Uma ideia que nasceu nas ruas

Aos senadores e deputados federais:

O povo brasileiro está cansado dessa política que não funciona para os cidadãos. Não vamos aceitar iniciativas pela metade, fantasiadas de reforma, mas que na verdade apenas mantêm a situação atual. É por isso que nós apoiamos a proposta "Reforma Política Democrática e Eleições Limpas", um pacote de reformas que visa proibir o dinheiro de empresas na política, estabelecer um sistema de dois turnos de votação para dar mais voz aos eleitores, aumentar a participação feminina no parlamento, acabar com as restrições à liberdade de expressão durante as campanhas políticas, dentre outras várias melhorias democráticas. Pedimos que V. Exas apoiem esta importante proposta e a considere quando o tema Reforma Política for votado em Plenário. Nossa democracia merece muito mais.

Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Avaaz.org vai proteger sua privacidade e lhe manter atualizado sobre essa e outras campanhas semelhantes.

Os caminhos propostos pelo relatório apresentado pela Comissão de Reforma Política da Câmara, constitucionalizam o financiamento empresarial das campanhas, criam o "voto distritão” para a eleição de deputados e vereadores e aprofundam a influência do poder econômico nas eleições.

É notório que o financiamento por empresas nas campanhas eleitorais é uma das principais origens da corrupção no Brasil. Empresa não "doa", não vota, empresa "investe". Por isso, está em nossas mãos uma oportunidade única para acabar com a corrupção nas eleições de uma vez por todas.

Nesta quarta-feira, 20 de maio, a Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas irá até a Câmara dos Deputados pressionar por uma nova reforma que tiraria o dinheiro de grandes empresas da nossa política de uma vez por todas e daria aos eleitores mais voz sobre quem nos representa. Essa pode ser a continuação da bem sucedida lei de iniciativa popular Ficha Limpa!

Por isso, mais de cem entidades nacionais da Coalizão, como a OAB, a CNBB e o MCCE se juntaram à Avaaz nesta campanha nacional pela extinção do financiamento das campanhas políticas por empresas, paridade de sexo, eleições proporcionais em dois turnos e o aperfeiçoamento de mecanismos de democracia direta.

No passado, nos disseram que a Ficha Limpa era algo impossível, mas mostramos que eles estavam errados. Vamos provar mais uma vez que eles estão errados e conseguir 1.5 milhão de assinaturas para apoiar a proposta "Reforma Política Democrática e Eleições Limpas" e continuar a marcha pela democracia que queremos no Brasil. Temos pouco tempo para mostrar aos deputados nosso apoio a esta proposta -- vamos assinar e espalhar para todos.

Sua assinatura vai virar lei!

Clique aqui para fazer o download do texto completo da proposta "Reforma Política Democrática e Eleições Limpas"

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: