A maior e mais efetiva comunidade de campanhas online para mudanças

Família pobre tem 5 filhos retirados a força de casa com o aval do Judiciario.Basta!

Esta petição foi encerrada
Família pobre tem 5 filhos retirados a força de casa com o aval do Judiciario.Basta!
  
  

 


Por que isto é importante

Família pobre do SERTÃO do Nordeste tem os cinco filhos tirados de casa e entregues para a adoção. Tudo feito em tempo recorde, sem a presença do MP na audiência e a oitiva dos pais. Nesse cenário trágico, vizinhos e avós das crianças relataram ao Fantástico, em reportagem que foi ao ar em 14 de outubro de 2012, o cenário de horror quando as crianças foram retiradas dos pais pela polícia, à força. A cidade é Monte Santo, interior da Bahia.

Os filhos de Gerôncio e Silvânia foram dados para quatro casais de São Paulo. Tudo feito em 2 meses, com uma rapidez incomum no fórum de Monte Santo. As famílias paulistas chegaram em um dia, foram ouvidas pelo juiz e, no dia seguinte, voltaram para São Paulo levando com elas as crianças chorando, segundo relato das testemunhas.

O caso dos filhos de Silvânia e Gerôncio é um exemplo de como um estado elitista, sem sensibilidade social, despreparado (no mínimo) pode arruinar a vida de alguém. No caso, a vida de uma família inteira.

Trata-se de uma ação criminosa. Tudo começou a partir de uma intermediária que atua buscando crianças na região há alguns anos, chamada Carmem Topschall, que tentou convencer a mãe a dar sua filha recém nascida a um casal de São Paulo. Com a negativa da mãe, a denunciou ao conselho tutelar, que não constatou qualquer sinal de violência doméstica, abuso sexual ou trabalho infantil. O juiz da causa entregou as crianças a pais diferentes, separando-as e jamais citou a família para integrar o processo, ou nomeou Advogado dativo, como solicitado oficialmente pelo Conselho Tutelar. Atualmente, os Advogados do CEDECA-BA, uma ONG,defende a família.

As crianças com idade escolar estudavam e a professora da escola onde estavam matriculadas afirmou à reportagem do Fantástico que os pais nunca deixaram de levar as crianças e que as mesmas não tinham mau comportamento ou qualquer sinal de maus tratos OU MÁ SAÚDE.

Dentre as milhares de irregularidades neste processo injusto e inconstitucional encontra-se a não determinação de estágio de convivência, os pais biológicos não foram ouvidos, os irmãos foram separados, o Ministério Público não foi intimado para a audiência.

A volta das crianças para Monte Santo é o que clamamos! Estas devem ficar com os seus pais biológicos-afetivos ou com os avós, sempre disponíveis na criação destes. O melhor interesse das crianças é esse! O Estado não pode validar essa adoção criminosa. Já passou 1 (um) ano e 3 (três) meses e o caso exige a maior celeridade do judiciário possível! Todos que participaram desse processo de adoção devem ser responsabilizados na medida de suas culpas.

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-nota-do-juiz-das-adocoes-na-bahia#comment-1097943

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-nota-do-cedeca-sobre-as-adocoes-irregulares-na-bahia


http://blogbahianarede.wordpress.com/2012/10/16/toda-crianca-deva-ser-criada-no-seio-da-sua-familia/






Postado outubro 15, 2012
Relatar isso como inapropriado
Clique para Copiar: