Brasil: uma solução para as drogas

Para o Presidente da Câmara dos Deputados e líderes de partidos:

A nossa atual política de drogas falhou. Pelo interesse de todos os brasileiros, nós apelamos aos senhores para reformar a nossa lei de drogas. Pedimos: uma clara diferenciação entre usuários e traficantes; tratamento do uso abusivo de drogas como um problema de saúde e não uma questão criminal; e, por fim, a reorientação dos recursos da justiça criminal para o combate ao crime organizado. O modelo de Portugal provou ser eficaz e deve servir de modelo para o Brasil. Pedimos que os senhores liderem o Congresso a adotar essas reformas sensatas.
 
Você já é um apoiador da Avaaz? só precisa preencher seu email e clicar "Enviar"
Primeira vez aqui? Por favor preencha o formulário.
Avaaz.org vai proteger sua privacidade e lhe manter atualizado sobre essa e outras campanhas semelhantes.

Postado:  20 agosto 2012
A política de drogas brasileira é um fracasso. Ela nos custa bilhões, um valor muito acima de nossas capacidades, e é incapaz de reduzir a violência ou ajudar famílias que não conseguem tratar dependentes. Mas amanhã, temos uma oportunidade rara de mudar o rumo dessa situação, pois uma poderosa aliança entregará essa nova proposta para os deputados em Brasília, mas eles precisam de nosso apoio.

A Comissão Brasileira de Drogas e Democracia (CBDD), composta por especialistas brasileiros de diferentes áreas, lançou no início desse semestre uma proposta para transformar nossa política falida no modelo de sucesso iniciado em Portugal -- um modelo com foco no tratamento dos dependentes não violentos, liberando assim os recursos policiais para o enfrentamento do crime organizado e para a redução da violência.

Essa é uma fantástica oportunidade que não podemos perder. Neste exato momento, se dermos o apoio público necessário, poderemos garantir que essa proposta seja levada para o Congresso. Assine já essa petição urgente e compartilhe com todos agora para chegarmos a 100.000 assinaturas antes da entrega da petição ao Presidente da Câmara dos Deputados.

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: