Reconhecimento para a Palestina -- um novo caminho para a paz

Às lideranças de todos os Estados-membros da ONU:

Pedimos-lhes que endossem a proposta legítima de reconhecimento do Estado palestino e a reafirmação dos direitos do povo palestino. Chegou a hora de reverter décadas de fracasso nas negociações para a paz, acabar com a ocupação e buscar uma paz baseada em dois Estados.
 
Você já é um apoiador da Avaaz? só precisa preencher seu email e clicar "Enviar"
Primeira vez aqui? Por favor preencha o formulário.
Avaaz.org vai proteger sua privacidade e lhe manter atualizado sobre essa e outras campanhas semelhantes.

Postado:  26 agosto 2011

Atualização: 23 de agosto de 2011
Hoje o Conselho de Segurança da ONU se reuniu para discutir o apelo da Palestina para se tornar o 194º país do mundo. No entanto, governantes de países de destaque ainda estão em cima do muro. Somente um esforço gigantesco da opinião pública pode mudar a situação.

A Avaaz fez um pequeno, mas emocionante vídeo mostrando que essa proposta legítima é de fato a melhor oportunidade para acabar com o beco sem saída das infinitas negociações mal-sucedidas e abrir um novo caminho para a paz.

Mensagem original
Enquanto a violência se espalha novamente e as tensões sobem no Oriente Médio, uma nova proposta de independência da Palestina ganha fôlego em todo o planeta. Se conseguirmos a aprovação dessa proposta na ONU, ela poderá significar um novo caminho para a paz.

Porém, os chefes de governo de países de destaque ainda estão em cima do muro e para convencê-los a apoiar a independência da Palestina precisamos reforçar a pressão da opinião pública. Muita gente acha que não entende a situação suficientemente bem para se mobilizar. Para ajudar, a Avaaz fez um novo vídeo de curta duração contando a verdade sobre o conflito. Se uma quantidade suficiente de pessoas assistir ao vídeo, assinar a petição e a encaminhar a todos os seus contatos, nossas lideranças serão forçadas a nos ouvir.

Quase 10 milhões de membros da Avaaz estão recebendo este e-mail. Vamos mudar o teor da conversa sobre o Oriente Médio e criar um maremoto de apoio à independência da Palestina. Assine a petição e, em seguida, encaminhe a todos os seus contatos!

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: