Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK

Rússia: combata o tráfico sexual

Adicione seu número de telefone se você gostaria de ser contatado via SMS ou ligação.
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
O pai de Oxana, Nikolai, está apelando ao Primeiro Ministro da Rússia, Putin, para acabar com o comércio que matou sua filha

O pai de uma vítima do tráfico sexual enviou um apelo comovente para a Avaaz:

"A minha filha Oxana era um menina linda e maravilhosa, hábil com idiomas. Ela deixou a nossa casa aos 20 anos para assumir o trabalho dos seus sonhos como tradutora na Europa. Nós ficamos muito felizes por ela. 3 semanas depois a polícia nos disse que ela morreu ao pular do quinto andar de um prédio, tentando escapar dos homens que a enganaram oferecendo o emprego e forçaram ela a se prostituir. Eu morri quando ela morreu. Agora eu vivo para impedir que isto aconteça com outras meninas. Por favor, me ajude."

Um tratado poderoso é a nossa melhor arma contra o tráfico sexual global. Se a Rússia assinar, terá um grande impacto sobre este horror. Vamos conseguir 1 milhão de vozes apelando ao Primeiro Ministro Putin, pedindo para ele assinar o acordo que irá proteger meninas como a Oxana:

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: